+55 042 3226 1144

Blog

São Nicolau: 6 curiosidades sobre o santo que ganhou a fama de Papai Noel

São Nicolau: 6 curiosidades sobre o santo que ganhou a fama de Papai Noel

O dia de São Nicolau é celebrado pela Igreja Católica, no Brasil, no dia 6 de dezembro. Esse santo, que foi bispo de Myra, atual Turquia, no século IV, nasceu numa família rica por volta do ano 270. Com a morte de seus pais ele herdou muito dinheiro e é aí que a sua história começa a se entrelaçar com um dos principais contos natalinos: o Papai Noel. Conheça 6 curiosidades sobre esse santo e o natal.

1. A figura de São Nicolau motivou a tradição das meias de Natal

Da herança que recebeu, São Nicolau aproveitou para fazer o bem aos necessitados. Conta-se que, certa vez, sabendo que três irmãs de família muito pobre não poderiam se casar porque seus pais não tinham o dinheiro para o dote, São Nicolau doou a eles três sacos de moedas. Por que ele fez isso? Para evitar que as moças fossem obrigadas à escravidão e à prostituição. O bondoso homem jogou pela chaminé da casa os sacos de moedas que caíram dentro das meias que estavam penduradas para secar junto ao fogo da lareira. Desse fato surgiu a tradição de pendurar meias na lareira das casas na véspera do dia de São Nicolau – acompanhado por um momento de oração.

2. Ele vigiava o comportamento das crianças e distribuía doces a elas

Naquelas casas onde não existiam lareiras, as famílias colocavam sapatinhos das crianças na janela, para que ali, São Nicolau coloca-se doces. Nas madrugadas de 24 para 25 de dezembro ele saia de casa em casa depositando nos sapatinhos pão de mel, bengalinhas coloridas de açúcar e moedas de chocolate envoltas em papel dourado. Um ajudante de São Nicolau era encarregado de observar o comportamento das crianças e de avisá-las que aquelas que se comportassem bem ganhariam doces.

3. As roupas do Papai Noel são muito semelhantes às que São Nicolau usava

Como bispo, São Nicolau trajava batina branca e estola vermelha. Na cabeça, uma mitra – ornamento episcopal – e na mão um báculo – uma espécie de cajado igual ao usado por pastores de ovelha. Sua imagem se popularizou como um senhor idoso de feições serenas.

4. Um poema escrito em homenagem a São Nicolau inspira o personagem Papai Noel

Um poema escrito em 1823 pelo teólogo Clement C. Moore, chamado de “Uma visita de São Nicolau”, descreve o santo de cabelos e barbas brancas, roupas vermelhas e com uma barriga saliente. O poema narra uma cena familiar, na véspera de Natal, quando o pai é surpreendido por um barulho no quintal que rompeu o silêncio da sua casa. Ao olhar pela janela, aquele pai viu um trenó cheio de presentes, puxado por renas e conduzido por um velhinho ágil que andou pelo telhado, desceu pela chaminé e depositou presentes para as crianças. Suas roupas vermelhas ficaram sujas de fuligem da lareira. Aquele pai sabia que estava recebendo a visita de São Nicolau.

5. Um milagre de São Nicolau

Em 1583, na Espanha, aconteceu um suposto milagre natalino envolvendo a figura de São Nicolau. Algumas senhoras piedosas rezavam pedindo que o São Nicolau providenciasse para que nenhum pobre ficasse sem receber o seu pão bento. Os pobres, questionados sobre quem lhes trouxe o alimento em meio ao pesado inferno, teriam dito que foram socorridos por um senhor de feições serena e mãos firmes. A descrição logo foi atribuída ao bispo Nicolau.

6. São Nicolau soube viver plenamente o amor ao próximo e o desapego dos bens terrenos

Não sabemos ao certo o que é lenda e o que é fato na história de vida de São Nicolau. No entanto, é sabido que ele faleceu com fama de santidade em 6 de dezembro de 350. Os que tiveram o privilégio de conviver com o santo testemunham sua bondade, caridade e o amor pelas crianças e pelos pobres, por isso foi canonizado pela Igreja Católica. São Nicolau foi amado e reverenciado por toda a Europa. Seus restos mortais foram transferidos para a cidade de Bari, na Itália, em 1807.

Post a comment