+55 042 3226 1144
atendimento@copiosaredencao.org.br

Blog

Quero ser freira: Entenda os passos para ser uma religiosa

Quero ser freira: Entenda os passos para ser uma religiosa

Para abraçar a vida consagrada, não basta dizer “quero ser freira”. É necessário um caminho de enamoramento por Jesus Cristo a partir de uma experiência profunda de espiritualidade e discernimento vocacional. Com um compromisso de pobreza, obediência e castidade, a freira irá viver inteiramente para Jesus e a proclamação de Seu Reino.

Para que uma jovem abrace sua consagração e dedique-se a um instituto religioso, alguns passos são necessários.

Um chamado: quero ser freira!

Como Maria Madalena, Maria de Betânia, a samaritana, e tantas outras mulheres da Sagrada Escritura, o Senhor continua a despertar corações para que, com trabalho e oração, sejam sinal do amor eterno e da vida que viveremos no céu. Ao longo da história da Igreja, floresceu um jardim de vocações na vida religiosa, como formas de expressão do amor de  Cristo à humanidade, a partir de um estilo de vida, espiritualidade e vivência comunitária próprios.

A vocação de uma freira propõe uma vida de entrega total a Jesus, com a escolha pelo despojamento dos bens materiais, a dedicação a uma instituição eclesial, a vivência do celibato e a prática da espiritualidade própria de cada congregação.

Uma vez que a jovem sinta o desejo de tudo deixar para dedicar-se a Jesus é preciso estar atenta a voz de Deus. Estamos falando de discernimento vocacional. Quando se trata de vocação não basta querer é preciso discernir se é ou não vontade de Deus aquele chamado.

Discernindo uma vocação

A inquietação da alma para seguir Jesus brota de uma experiência com seu amor. Sentindo-se atraída pelo Senhor, a jovem deve buscar orientação vocacional com um sacerdote, a fim de obter pastoreio para seu coração sedento em ofertar-se. É  importante também manter viva a chama ardente do chamado buscando a vida de oração e a prática sacramental, sobretudo da confissão e da Eucaristia. Esse caminho inicial levará a jovem a uma identificação dos sinais de Deus que, ao longo de sua história, atraiu seu coração a um seguimento mais radical.

Partilhando esses sentimentos com seu diretor espiritual e buscando a Deus na oração, vale perguntar-se: “Senhor, o que queres que eu faça?”. Esse processo vai passar pelo conhecimento de alguns institutos religiosos, a partir de sua história, Carisma,  espiritualidade, vida apostólica e comunitária, e encontrar a que mais desperta desejo em seu interior, no qual a jovem deve buscar sua identificação ou não. Não é preciso ter medo!

A alma costuma saber onde é o seu lugar na Igreja, onde será possível dizer: “Eu anseio viver essa vida! É assim que quero me ofertar ao meu Amado!”

A maioria dos institutos possui um serviço de animação vocacional. Uma vez que a jovem se sinte atraída por um carisma específico, deve procurar esse setor e partilhar os anseios do seu coração. Esse setor costuma promover encontros de apresentação e na ocasião realiza a escuta das candidatas, com o intuito de ajudá-las no discernimento de seu chamado.

Trilhado esse caminho, é preciso lançar-se nos braços de Jesus e, sem medo, abraçar sua vontade com fidelidade até o fim de sua vida.

Comments(10)

  1. REPLY
    Ramon Montanha says

    Boa noite, muito lindo esse texto. Estou montando uma palestra para jovens e essa leitura foi muito produtiva. Deus abençoe.

  2. REPLY
    Renata ferreira says

    Quero me tornar religiosa o que fazer ??

    • REPLY
      Emerson Luiz says

      Olá, Renata. Entre em contato com nossa promotora vocacional, Irmã Eglie (42) 9 9969 5647. Deus abençoe!

  3. REPLY
    Nathalia Pires says

    Como ter certeza de qual é a minha vocação?

    • REPLY
      Emerson Luiz says

      Olá, Nathalia. Você pode entrar em contato com nossa promotora vocacional pelo telefone (42) 9 9969 5647 – falar com Irmã Egli. Deus abençoe!

  4. REPLY
    Carla says

    Quero ser freira, como faco?

    • REPLY
      Emerson Luiz says

      Olá, Carla. Assim como explicado no blogpost, você fará um caminho de discernimento para ver se este realmente é o chamado de Deus para sua vida. Entre em contato com a Irmã Egli, nossa promotora vocacional pelo (42) 9 9969 5647. Deus abençoe!

  5. REPLY
    Lili says

    Eu ja não aguento mais se iludida e sofre por amor,quero servir ao senhor como faço para virar uma freira?

    • REPLY
      Emerson Luiz says

      Olá, Lili. Você pode entrar em contato com nossa promotora vocacional, Irmã Egli para saber mais detalhes de como ingressar em nossa congregação (42) 9 9969-5647. Deus abençoe!

  6. REPLY
    Josi says

    Seguir o caminho de seu chamado não é fácil, perseverança e confiança em Deus, podemos dizer que é os dois alicerce que pode nos manter em pé diante a essa busca.

    Olá, meu nome é Josi, tenho 28 anos, eu sinto que Deus tem um chamado para minha vida, porém não estou conseguindo decifrar pois meus pensamentos humanos estão me confundindo com os meus sentimentos espirituais.
    Ainda não sou batizada na igreja católica, pois quando criança houve M motivos para minha mãe não ter realizado o mesmo, agora adulta eu senti Deus me chamando para ir a sua casa, e conforme seu chamado estou me preparando para poder ser batizada e receber o Espirito Santo de Deus em minha vida.
    São momentos lindos e ricos de aprendizado, principalmente sobre o conhecimento do grande Amor que Deus tem por mim, sobre o dom da misericórdia que Cristo vive por mim.
    Concluindo, sei que o chamado para seguir um caminho celibato não deve ser fácil pois há renuncias, mas também sei que deve ser um caminho lindo pois para quem segue esse caminho Cristo vem ao nosso encontro e vai transformando nossas vidas.
    Então o caminho para o celibato jamais deve ser algo que você somente sentiu porque esta fugindo de seus problemas, o caminho celibato deve e tem que ser algo construído com amor e com a verdadeira fé no encontro com o nosso eu que vive em Cristo.

Post a comment