+55 042 3226 1144
atendimento@copiosaredencao.org.br

Blog

7 coisas que você pode aprender com São Paulo

7 coisas que você pode aprender com São Paulo

No dia de hoje, a Igreja recorda uma das figuras mais emblemáticas do Cristianismo, grande referência na ousadia e no ardor pela missão e evangelização: São Paulo apóstolo!

Com o mesmo empenho que ousou condenar e perseguir a Igreja, após ter seu encontro com o Ressuscitado São Paulo desbravou o mundo por diversos lugares e regiões para proclamar a Boa Nova e testemunhar a experiência profunda e pessoal de amor que viveu.

Suas cartas apostólicas estão recheadas de grandes ensinamentos para os cristãos, sobre como viver e se dedicar à Vontade de Deus até que já não seja mais “eu que vivo, mas é Cristo que vive em mim” (Gl 2,20).

Contudo, para que você se abra para as graças que o Senhor deseja derramar sobre a sua vida e viva segundo a Sua vontade, separamos 7 coisas que você pode aprender com São Paulo. Confira!

1. Tudo posso naquele que me fortalece (Fp 4,13)

Mesmo diante das dificuldades e provações, São Paulo, enquanto esteve na prisão, não deixou de animar as comunidades a permanecerem firmes na fé e na esperança.

Ele compreendeu que a sua força não vinha de si mesmo, mas da graça do próprio Deus, com isso, aquilo que para ele seria impossível tornava-se possível.

Com essa exortação, São Paulo ensina como dar sentido a cada uma de nossas lutas e dificuldades e a permanecermos firmes na fé, pois a graça do Senhor nos sustenta em todo tempo.

Além disso, São Paulo nos estimula a não retirarmos o louvor dos nossos lábios, mesmo em meio às dores o seu testemunho era repleto de alegria! 

2. Alegrai-vos sempre no Senhor (Fp 4,4)

Dar um autêntico testemunho de alegria em meio às tribulações não é tarefa fácil, mas São Paulo nos ensina justamente a trocar as murmurações pelo louvor  e gratidão a Deus. 

Ao abrir os lábios para o louvor, o cristão experimenta a verdadeira Paz que é o próprio Cristo.

O louvor é também a oração de abandono e entrega daqueles que confiam no Senhor e que se reconhecem amados e cuidados por Ele em todas as coisas.

Em Deus nada é perdido, nada é em vão. Por isso, devemos aprender com São Paulo a manter o louvor em nossos lábios e em tudo dar graças, pois Ele sabe exatamente daquilo que precisamos e cuida de nossas necessidades.

3. Ninguém te despreze por seres jovem (1Tm 4,12)

Quantos jovens já não viveram a experiência de serem subestimados em suas capacidades devido a pouca idade?

Aos jovens, São Paulo encoraja a manterem-se firmes e perseverantes no autêntico testemunho cristão, confiando na graça e eleição da parte de Deus.

Como bem salientado pelo Papa Francisco, durante a JMJ do Panamá, gostamos de dizer que os jovens são o futuro de Deus, quando na verdade eles são o agora.

A muitos o Senhor chama ainda em sua juventude e isso está longe de ser um problema. Pelo contrário, é a estes que o Senhor confia as mais belas missões. 

4. Acolher os fracos na fé (Rom 14,1)

Ensinar aqueles que não sabem, dar bons conselhos àqueles que necessitam são obras de misericórdia e também fazem parte das exortações de São Paulo.

Em seu caminho para a santidade, fim último de todo cristão, muitas são as provas que se apresentam durante o percurso do fiel batizado. 

Aqueles que não estão fortalecidos na fé e não possuem a maturidade humana e espiritual adequadas a sua realidade, podem com frequência sentir-se tentados a desistir e voltar para a vida velha, antes do encontro com Cristo.

São Paulo ensina então que é nesse momento que os irmãos mais maduros devem se fazer presente.

Acolhendo com caridade e misericórdia os que estão fracos na fé, motivando-os a perseverar no caminho da porta estreita, que é árduo, mas é também certeza de felicidade plena. 

5. Não seja pedra de tropeço para seu irmão (Rom 14,13)

Da mesma maneira, estes irmãos são chamados a vigiar e a estar atentos para que suas ações e escolhas não sejam pedra de tropeço para seus irmãos, ou seja, não cause escândalo ou se torne motivo de queda para o outro.

Nesse sentido, é preciso se tornar luz para o outro dando bons exemplos, motivando o crescimento da intimidade com Deus, ainda que você mesmo tenha dificuldades de viver essa experiência.

São Paulo ensina que não devemos comprometer negativamente o caminho daqueles por quem Cristo já se entregou e deu a vida por amor, mas sim favorecer a paz e edificação pessoal do outro a quem somos enviados.

6. Buscar as coisas do alto (Col 3, 1-3)

É preciso caminhar com os pés fixos nesta terra, porém com os olhos voltados para o céu. O que isso significa?

Que, apesar das dores e dificuldades de nossa vivência cotidiana, devemos recordar que o nosso lugar não é aqui, mas é no céu, de volta para Aquele que nos salvou.

Buscar as coisas do alto é deixar-se ser transformado por Cristo, é ser dócil a Sua escuta por meio de uma vida de oração e intimidade com Ele, e reconhecer que Ele é a única e verdadeira alegria que não passa. 

7. Viver é Cristo, morrer é lucro! (Fp 1, 21)

Aprender a sofrer e a suportar as humilhações, perseguições e decepções que podemos experimentar na vida não é tarefa fácil, mas é repleta de sentido quando contemplamos a Cristo e enxergamos nessas situações, oportunidade para manifestação da Sua glória. 

São Paulo entende que essas situações são oportunidades para manifestação da glória de Deus em sua vida.

Ele sabe em quem depositou a sua confiança, sabe também que a esperança não engana, por isso, venha o que vier, está seguro de que em tudo o Senhor estará ao lado dele.

É isto que precisamos também nós, em nosso dia a dia: deixarmo-nos morrer para os nossos pecados e escolhas que nos afastam de Deus, para vivermos cada vez mais escondidos em Seu amor e Vontade. 

Que essas lições sejam para você motivo de inspiração e de desejo de viver uma vida unida plenamente a Cristo, afinal, “Cristo não nos tira nada, mas nos dá tudo”.

Gostou desse conteúdo? Seja também um evangelizador e compartilhe com os seus amigos. 

Comments(2)

  1. REPLY
    Vanda Cardoso Pinto de godoy says

    SÃO Paulo rogai por nós para que o nosso orgulho caia por terra …. DEUS seja louvado pela vida das irmãs da copiosa redenção…

  2. REPLY
    Maria Layde Leite de Souza says

    Bom dia Irmã Zélia, acho tudo isso com muito carinho. Peço desculpas no momento estou vivendo uma provação muito forte ( família ) e isso está afetando meu casamento, meu esposo anda nervoso por causa disso. Então estou focada mais nesse problema mas, com muitas orações. Peço sua bênção e fica com Deus. 🙏

Post a comment